Companhia com bom desempenho operacional e valorização de 69% no ano de 2020. Somente no dia 19/11/2020 as ações saltaram 29,94%. Será que a PetroRio irá continuar entregando boas “produções” em upside?

Setor em crescimento: como a companhia se colocou no mercado

A companhia Petro Rio S.A. foi criada em 2008, inicialmente chamada de HRT Petróleo. Em 2010, abriu seu capital para captar recursos na bolsa de valores (B3) e aportou R$2,5 bilhões. A empresa atua no ramo de produção, exploração, comercialização e transporte de petróleo e gás natural. Com foco na produção de petróleo e gás, no investimento e recuperação de ativos em produção, especializada na gestão eficiente de reservatórios e no redesenvolvimento maduro de campos. 

O plano de negócios da companhia consiste em adquirir novos campos para o seu crescimento, através de planos de desinvestimentos.

Petróleo: ao infinito e além…

Para a eficiência da companhia, busca-se a otimização de processos operacionais, emprego de novas tecnologias e inovação constante para a redução de custos e aumento da qualidade.  Em 2021, apresentou a conclusão da aquisição de 30% do campo de Frade. Em novembro de 2020, anunciou a alienação de sua participação de 10% do campo de Manati e aguarda a conclusão da transação.

A corporação apresentou bom desempenho no terceiro trimestre de 2020, ante mesmo período de 2019. Sua receita líquida apontou R$ 489 MM, alta de 22%. Redução do Lifting Cost para US$ 12,8/bbl e a produção chegou a 33 mil bbl/d, totalizando 44%. Sua posição de caixa foi de US$ 136MM (R$ 761MM) e US$ 98MM (R$ 550MM) em estoque de óleo e houve redução do indicador de dívida líquida/EBITDA ajustado.

P/L32.32
DIV. LÍQUIDA/EBITDA1.34
LPA2.46
ROE17.02%

Os indicadores apresentam um bom desempenho da companhia, visto que a dívida líquida sobre o Ebitda demonstra que a empresa levaria um ano para pagar sua dívida líquida e o lucro por ação que a Petro Rio gera é significativamente satisfatório. Por se tratar de uma empresa petroleira, o P/L aponta que a empresa levará 32 anos até que consiga o retorno do investimento, valor consideravelmente elevado. O Retorno sobre Patrimônio Líquido mostrou boa eficiência pela empresa com recursos próprios, com um indicador de 17,02%.   

Setor das commodities vai surfar no crescimento em 2021?

Com relação ao cenário macroeconômico, a produção de petróleo e gás natural cresceram em 2020 e apresentaram recordes de produção, com 5,5% e 4,1%, respectivamente. O setor de commodities têm ascendido com a desvalorização do câmbio, já que determinados itens passivos do balanço são denominados em dólar.

Sendo umas das maiores empresas independentes de produção de óleo e gás natural do Brasil, a concorrência direta da corporação é limitada, abrangendo apenas Shell, Statoil, Chevron e Domo Energia. O plano de negócios aponta uma cultura que se baseia no aumento da produção com a aquisição de novos ativos, redesenvolvimento, eficiência operacional e redução de custos e despesas.

O cenário do petróleo nos mercados

Os pontos fortes da instituição estão em:

 1) alta previsibilidade de fluxos de caixa por operar só campos maduros;

 2) aquisição de novos campos para diversificar a produção;

 3) o hedge protege receitas e custos;

 4) concorrência limitada;

 5) setor de petróleo crescendo no curto prazo.

Já os pontos fracos se situam em:

1) forte exposição ao cenário externo;

2) exposição a fatores de risco naturais e intrínsecos ao negócio de atuação podem atingir a produção de commodities;

3) a instabilidade geopolítica global pode impactar os negócios da empresa.

Com relação às ações na B3, a PRIO3 apresenta grande satisfação aos seus acionistas. Com uma valorização de aproximadamente 66% no ano de 2020, a ação chegou na casa dos R$10,00 em março de 2020. No dia 12 de fevereiro de 2021, o papel se aproximou de R$80,00.

Sobre o autor:  Marco Saravalle é analista CNPI-P e sócio-fundador da BM&C e da Sara Invest. Foi estrategista de Investimentos do Banco Safra, estrategista de Investimentos da XP Investimentos, Analista e co-gestor de fundos de investimentos na Fator Administração de Recursos e GrandPrix e analista de ações na Coinvalores e Socopa. Iniciou sua carreira no programa de Trainee do Citibank. Formado em Ciências Econômicas pela PUC-SP, Pós-graduado em Mercado de Capitais pela USP e Mestrando em Economia e Finanças pela FGV/EESP. Atualmente é Diretor Administrativo/Financeiro da Apimec Nacional, membro do comitê de educação da CVM e presidente do Conselho da ONG de educação financeira, Multiplicando Sonhos.

http://sarainvestoficial.com/

Caso você também queira escrever algo em nosso Portal, envie seu texto para contato@smallcaps.com.br. Além do texto, precisamos de sua assinatura, com nome e qualificação. Nos reservamos o direito de decidir quais textos iremos ou não publicar.

* Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal Small Caps

NÃO SE TRATA DE RECOMENDAÇÃO DE COMPRA OU VENDA

Siga nosso Twitter: https://twitter.com/portalsmallcaps

Instagram: www.instagram.com/portalsmallcaps

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui