Inicialmente, loja tinha apenas 46 m² em um dos mais requintados shoppings da capital de São Paulo

COMO TUDO COMEÇOU…
A história da marca Le Lis Blanc se inicia há mais de três décadas e faz parte de uma das marcas da Restoque Comércio e Confecção de Roupas S.A., operante no Brasil, Itália e Panamá confeccionando roupas de alto padrão. Entre todas as marcas, somam-se mais de 250 lojas. 

Fundada por uma revendedora de roupas – Rahyja Calixto Afrange – e uma ex-balconista – Waltraut Guida – a Le Lis Blanc foi inicialmente colocada em um dos maiores shoppings da cidade de São Paulo, Shopping Iguatemi, em um espaço de apenas 46 m². Não demorou muito até que a loja ficasse famosa entre as classes mais altas, atingindo o público feminino. Em 1993, decidiram ampliar os negócios inaugurando mais três lojas, também na cidade de São Paulo. Depois de aproximadamente quatro anos, a empresa passaria a expandir os negócios para outros estados do país, em Curitiba – PR e, após um ano, em Fortaleza – CE.

EXPANSÃO
Em 2005, decidiram inaugurar uma linha exclusiva para casa, também dentro da sofisticação da linha de roupas. No ano de 2008 realizou sua oferta pública inicial (IPO) no Brasil, utilizando os recursos captados para expansão das lojas e aumentar suas marcas. Então, em 2014 a companhia foi além: adquiriu a Dudalina, concentrada na produção e comercialização de camisas.   

A companhia sempre seguiu um padrão de elegância e qualidade, fidelizando clientes de altas classes sociais no Brasil todo. O marketing da empresa sempre foi voltado ao glamour, com grandes nomes de Hollywood e famosos modelos em suas propagandas. 

NEM TUDO É GLAMOUR
Apesar de todo o esforço e ampliação das lojas, a companhia passou por grandes dificuldades. Em 2012, a Restoque enfrentou o prejuízo de R$ 12,8 milhões no segundo trimestre do ano e na demissão de mais de 300 funcionários.  

Além de todas as turbulências vividas na época, a companhia entrou em  uma polêmica envolvendo seus colaboradores. Uma fiscalização feita pelo Ministério do Trabalho encontrou 28 funcionários bolivianos trabalhando em condições análogas à escravidão. 

EFEITOS DA PANDEMIA
A companhia se beneficiou da intensificação dos canais digitais, uma vez que, com a pandemia de Covid-19, as vendas online foram aquecidas. As vendas digitais aumentaram 84,4% e compuseram 15% do total das vendas no ano de 2020. 

A Restoque S.A aderiu a utilização da modalidade de entrega “super expressa”, que possibilita o cliente a receber o produto no mesmo dia ou no dia seguinte. A pandemia trouxe um grande desafio para a companhia, a gestão das coleções e dos volumes de estoques. Ao final de 2020, depois de mudanças nas cadeias produtivas, viram os estoques serem reduzidos em 25%, em comparação com o começo da pandemia. 

O setor de moda têm tido grandes mudanças nos últimos anos, já que as novas gerações estão cada vez mais conscientes e preocupadas com os impactos que essa indústria causa tanto para o meio ambiente, como socialmente, já que muitas empresas deste segmento, apresentam irregularidades com seus trabalhadores.  

ENVIROMENTAL, SOCIAL AND GOVERNANCE (ESG)
No ano de 2020, A Le Lis Blanc iniciou um projeto que será implantado neste ano que aprofunda a incorporação do ESG na instituição, com novas políticas e estabelecimento de parcerias que vão em linha com os princípios e valores que acreditam. Outrossim, para reduzir os impactos ambientais e sociais, aderiram a economia circular, com a reutilização de peças não usadas mais que serão transformadas em novas vendas.   

RESULTADOS
A companhia reportou no quarto trimestre de 2020 uma receita líquida de R$ 203,1 milhões, queda de 17,6% em relação ao mesmo período de 2019. No entanto, o ano de 2020 se encerrou com um total de R$ 598,8 milhões de receita líquida. Já com relação ao Ebitda, apresentou R$ 21,8 milhões, recuo de 82,8% frente ao quarto trimestre de 2019. O lucro líquido da empresa foi de R$ 1,3 bi no trimestre, revertendo prejuízo de R$ 112,1 milhões no terceiro trimestre de 2020.

Fonte: RI da Companhia

MÚLTIPLOS

P/L PEG RATIO LPA P/EBITDA
-0,20,00-29,12-2,6

INDICADORES DE RENTABILIDADE 

ROEROAROIC
-156,7%-93,03%-32%
Fonte: Economática – 22/04/2021
MARGEM BRUTA MARGEM  LÍQUIDAMARGEM EBITDA
49,3%-334,84%-21,1%

DADOS DE MERCADO

MARKET CAPEV LIQUIDEZBETA
329.1081.898.6056030,97

INDICADORES DE ENDIVIDAMENTO

DÍV. LÍQ/PLDÍV. LÍQ/EBITDADÍV. LÍQ/EBITLIQ. CORRENTE
5,67-1,251,81

Fonte: Economática – 22/04/2021


Caso queira saber a opinião da Sara Invest sobre essa e outras companhias, além da análise de seus indicadores, acesse o link <https://www.sarainvestoficial.com/>

Sobre o autor:  Marco Saravalle é analista CNPI-P e sócio-fundador da BM&C e
da Sara Invest. Foi estrategista de Investimentos do Banco Safra, estrategista
de Investimentos da XP Investimentos, Analista e co-gestor de fundos de
investimentos na Fator Administração de Recursos e GrandPrix e analista de
ações na Coinvalores e Socopa. Iniciou sua carreira no programa de Trainee do
Citibank. Formado em Ciências Econômicas pela PUC-SP, Pós-graduado em Mercado
de Capitais pela USP e Mestrando em Economia e Finanças pela FGV/EESP.
Atualmente é Diretor Administrativo/Financeiro da Apimec Nacional, membro do
comitê de educação da CVM e presidente do Conselho da ONG de educação
financeira, Multiplicando Sonhos.

Caso você também queira escrever algo em nosso Portal, envie seu texto
para contato@smallcaps.com.br. Além do texto, precisamos de sua assinatura, com
nome e qualificação. Nos reservamos o direito de decidir quais textos iremos ou
não publicar.

*Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal
Small Caps

NÃO SE TRATA DE RECOMENDAÇÃO DE COMPRA OU VENDA

Siga nossas redes sociais:
Twitter: www.twitter.com/portalsmallcaps
Instagram: www.instagram.com/portalsmallcaps

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui