Destaques do 1T20 e comparações com 1T19 (quando aplicável)

  • Lançamentos – Não houve lançamentos no trimestre.  A companhia conta com um Landbank total de R$ 5,6 bilhões em VGV que deverá ser mobilizado à medida que as condições macroeconômicas melhorem
  • VSO trimestral (em R$ VGV) atingiu  19%, uma boa velocidade de vendas considerando que não houve lançamentos no período
  • Conclusão de 4 empreendimentos totalizando um VGV de R$ 272 milhões, em 1.168 unidades.  As obras continuam a 100%
  • Vendas Líquidas (% Trisul) totalizaram R$ 133,0 milhões (queda de 45% ante 1T19)
  • Receita Operacional Líquida de R$ 171,37 milhões (queda de 5%)
  • Lucro Bruto Ajustado de R$ 66,5 milhões (aumento de 9%)
  • Margem Bruta Ajustada de 38,8%  (versus 33,8%)
  • Lucro Líquido de R$ 31,0 milhões (aumento de 17%)
  • Patrimônio Líquido de R$ 1,1 bilhão(fundeando 60% dos Ativos Totais)
  • Disponibilidades Financeiras (Caixa e Aplicações) de R$ 405,0 milhões (aumento de 252%)
  • Disponibilidade, líquida de endividamento de R$ 100,8 milhões ( Divida Líquida de R$ 130,4 milhões)

Efeitos e ações decorrentes da pandemia COVID-19

A Trisul optou por suspender os seus lançamentos e com isso registrou um menor volume de vendas do que o anteriormente previsto para o trimestre

Com o fechamento dos estandes as vendas estão sensivelmente dificultadas.  O canal digital, embora em operação, não consegue manter a velocidade anterior

A empresa não sentiu um aumento nos distratos até agora

Como evento subsequente, a Companhia fez uma captação de R$ 70 milhões, com prazo de 30 a 36 meses, com o intuito de reforçar o caixa para eventuais oportunidades.

O guidance de 2020, por enquanto, está mantido.

Tendência da margem bruta nos imóveis sendo construídos

A Trisul está mantendo a sua margem projetada para os imóveis em construção


(1) A receita bruta com venda de imóveis a apropriar não contempla ajuste a valor presente.
(2) O custo com venda de imóveis a apropriar não contempla encargos financeiros e provisão para garantia, os quais são apropriados ao resultado (custo dos imóveis vendidos), proporcionalmente às unidades imobiliárias vendidas, quando incorridos

Posição de caixa e endividamento

A empresa mantém sua a histórica posição de forte liquidez, Caixa e Equivalentes de R$ 405,0 milhões

Da Dívida Financeira Bruta de R$ 304,3 milhões, apenas R$ 71,7 milhões (24%) vencem no  CP (ate 31-Mar-2021)

A Trisul mantém a sua posição de “dívida líquida negativa”.  Encerrou 1T20 com Disponibilidade, líquida de endividamento de R$ 100,8 milhões

A Trisul mais uma vez publica números que mostram eficiência operacional e comercial aliadas a uma prudente gestão financeira.  A empresa está entre as mais bem aparelhadas incorporadoras da B3  para enfrentar o difícil mercado que se materializou após Mar-2020 com as medidas restritivas para combater a COVID-19. 

Entretanto o 2T20, impactado em cheio por tais medidas, deverá trazer um desempenho bem menos impressionante.

Nota:  Este post foi elaborado a partir de informações obtidas da central de download da área de RI da TRISUL.

Siga nossa página no Facebook: facebook.com/smallcaps.com.br

NÃO SE TRATA DE RECOMENDAÇÃO DE COMPRA OU VENDA

Sobre o Autor: Claudio R. Cusin é Engenheiro Mecânico formado pela Poli (USP) e Economista formado pela FEA (USP). É atualmente consultor de finanças tendo trabalhado no mercado financeiro por 30 anos. Foi Diretor de Credito e de Risco em vários bancos de investimento e comerciais. Email: claudio@smallcaps.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui