Companhia atua no mercado brasileiro há quase 100 anos.

A longa trajetória da Azevedo e Travessos S.A, desde 1922, é destacada no segmento de engenharia e construção no geral. Em praticamente todo o território brasileiro, a companhia atua em obras rodoviárias, ferroviárias e metroviárias; vias urbanas; barragens; obras de saneamentos; edifícios industriais e comerciais; empreendimentos imobiliários; dentre outros.

Sua estrutura organizacional foi modificada no ano de 1950, passando à condição de Sociedade Ltda e, após, para Sociedade Anônima, denominada Azevedo & Travassos S.A. Engenharia, Construções e Comércio. No ano de 1974 nasceu a IMOBEL S.A. Urbanizadora e Construtora, subsidiária integral da Azevedo e Travassos. Em 1984, ano em que a companhia abre seu capital na bolsa de valores, passa a se chamar apenas Azevedo & Travassos S.A, juntamente com a cisão da IMOBEL.

O modelo de negócio segue no ramo de i) Construção Pesada e Civil e Obras de Infraestrutura; ii) Montagem Eletromecânica; iii) Perfuração Direcional Horizontal e Perfuração/Completação de Poços; iv) Manutenção de Instalações de Produção de Óleo e Gás e v) Desenvolvimento Imobiliário.

A empresa, apesar de sua longa história de existência e experiência, enfrentou dificuldades: no ano de 2017 a companhia cogitou entrar com pedido de falência, extinto, posteriormente em comunicado ao mercado em 2019. No mesmo ano, a Rocket Empreendimentos e Participações passa a ter o controle acionário da companhia. 

A instituição não possui problemas com relação aos insumos utilizados, já que aço, pedras e asfaltos, usados para construções pesadas são achados no mercado interno. A sazonalidade pode ser um ponto negativo para a companhia, uma vez que os períodos de grande volume de chuvas podem reduzir o nível de produção.

A Azevedo e Travassos se mostra engajado com as questões ambientais e éticas, respeitando as disposições legais do país e promovendo programa de educação ambiental em uma de suas obras.

A mais recente divulgação dos resultados da companhia apontou um lucro líquido contábil de R$ 175,09 milhões no primeiro trimestre de 2021 frente ao resultado negativo em 2020.


Fonte: www.oceans14.com.br

É possível perceber a reestruturação da companhia, após sua queda acentuada, – assim como é mostrado no gráfico acima – ocasionada no período em que entrou com pedido de falência, voltando a apresentar resultados positivos no seu balanço de 2020 para 2021, principalmente pela volta do volume de produção.

O cenário atual mostra que o segmento da companhia tende a ser aquecido neste ano com a volta do consumo e, a despeito da elevação da taxa de juros, não deve afetar significativamente o setor. Além disso, dados divulgados do produto interno bruto brasileiro (PIB) mostram que a economia nacional está em um processo de recuperação, já apresentando sinais positivos.


Caso queira saber a opinião da Sara Invest sobre essa e outras companhias, além da análise de seus indicadores, acesse https://www.sarainvestoficial.com/

Sobre o autor:  Marco Saravalle é analista CNPI-P (SP-2729) e sócio-fundador da BM&C e da Sara Invest. Foi estrategista de Investimentos do Banco Safra, estrategista de Investimentos da XP Investimentos, Analista e co-gestor de fundos de investimentos na Fator Administração de Recursos e GrandPrix e analista de ações na Coinvalores e Socopa. Iniciou sua carreira no programa de Trainee do Citibank. Formado em Ciências Econômicas pela PUC-SP, Pós-graduado em Mercado de Capitais pela USP e Mestrando em Economia e Finanças pela FGV/EESP. Atualmente é Diretor Administrativo/Financeiro da Apimec Nacional, membro do comitê de educação da CVM e presidente do Conselho da ONG de educação financeira, Multiplicando Sonhos.

Caso você também queira escrever algo em nosso Portal, envie seu texto
para contato@smallcaps.com.br. Além do texto, precisamos de sua assinatura, com
nome e qualificação. Nos reservamos o direito de decidir quais textos iremos ou
não publicar.

NÃO SE TRATA DE RECOMENDAÇÃO DE COMPRA OU VENDA

*Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal
Small Caps

Siga nossas redes sociais:
Twitter: www.twitter.com/portalsmallcaps
Instagram: www.instagram.com/portalsmallcaps
Telegram: https://t.me/joinchat/siIm7u1eILc0OTAx

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui